Felipe Santiago

Felipe Santiago

Em jogo com susto, polêmica e pouca criatividade o Paraná empatou com o lanterna América – MG no ultimo sábado (03) na Vila Capanema em 0x0. O coelho começou em cima do Tricolor no primeiro tempo, não deixando o Paraná colocar aquela pressão inicial, teve algumas chances mais pouco efetivas, em um momento de tensão o atacante Jonatas Belusso bateu cabeça com cabeça com o zagueiro Rodolfo e fico desacordado, e ambulância o atacante do coelho foi levado ao hospital porem sem gravidade.

No segundo tempo o tricolor voltou diferente buscando criar mais, porem com pouca efetividade, o Paraná colocou uma pressão, e os mineiros se acuaram com falta do seu principal artilheiro, no fim o coelho tentou uma pressão e reclamou de um pênalti no final da partida em cima de Neto Berola.

Final de jogo 0x0, com o resultado o Paraná fica na sexta posição com 23 pontos e o América – MG continua na lanterna da competição com apenas 11.

O Tricolor volta a campo no próximo sábado (10) as 19h diante do Vitória no Barradão em Salvador, já o Coelho recebe o Londrina na terça feira (06) as 21h30 na Arena Independência em jogo válido pela 15ª rodada da série B.

 

Ficha Técnica

SÉRIE B - 1º Turno – 14ª Rodada

PARANÁ CLUBE 0x0 AMÉRICA-MG

Local: Vila Capanema

 

 

Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Lehi Sousa Silva (DF)

 

 

Paraná
Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Caio Monteiro) e Fernando Neto; João Pedro, Rodrigo Porto (Alesson) e Jenison (Rafael Furtado).
Técnico: Matheus Costa

América-MG
Jori; Diego Ferreira, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, William Maranhão; Felipe Azevedo, Matheusinho e Jonatas Belusso (Júnior Viçosa).
Técnico: Felipe Conceição


Cartões amarelos: Thiago Rodrigues, Fernando Neto, Éder Sciola (PAR); Ricardo Silva, Paulão, Zé Ricardo (AME)
Público pagante: 4.266
Público total: 5.524
Renda: R$ 100.915

Jogando pela primeira vez na Vila Capanema, nesta série B, o tricolor dominou a partida e venceu a equipe do CRB.

Com mudanças em relação à estreia, o tricolor teve pela primeira vez Matheus Anjos como titular, outro que começou jogando foi Éder Sciola, nas vagas de João Pedro e Sueliton.

Pressionando desde o início, o time Paranista controlava o jogo, trocava passes e procurava infiltrações na defesa do time alagoano.

Aos 12 minutos, Matheus Anjos encontrou muito bem Alesson, o camisa 7 paranista ganhou na corrida de Igor e foi parado com falta, na cobrança de Itaqui, o goleiro Edson fez uma belíssima defesa, jogando para escanteio.

Aos 20 da primeira etapa, Guilherme Santos pegou o rebote do escanteio e bateu com qualidade, abrindo o placar para a equipe mandante, Paraná 1x0.

Ainda pressionando e buscando o segundo gol, Jenison e Ramon chutaram para fora, levando perigo.

Aos 38, Luiz Otávio lançou Matheus Anjos, o camisa 10 dominou, limpou e buscou o ângulo de Edson, o zagueiro Ewerton Páscoa tirou em cima da linha.

Sem fazer qualquer tipo de defesa, o goleiro Thiago Rodrigues não foi exigido neste primeiro tempo.

Para a segunda etapa o técnico Chamusca voltou com duas alterações, saiu Júnior e Guilherme Costa, entrou Daniel Borges e Felipe Menezes, com mais qualidade no passe, a equipe visitante tentava criar, mas foi totalmente anulada pela boa partida defensiva de Éder Sciola, Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Luiz Otávio é obrigado a parar com falta a descida de William Barbio, na cobrança de falta Thiago Rodrigues faz boa defesa no chute de Felipe Menezes.

Buscando manter a intensidade do primeiro tempo, Matheus Costa trocou um atacante pelo outro, saiu Ramon para entrada de Caio Rangel.

Aos 16 minutos em boa jogada de Caio Rangel, o camisa 20 encontrou Matheus Anjos, que limpou dois jogadores e bateu colocado, para boa defesa de Edson.

Dois minutos mais tarde, foi a vez de Itaqui arriscar o chute, mandando por cima do gol.

Novamente Matheus Anjos, dessa vez em jogada individual arrematou de fora e mandou a esquerda do gol.

Aos 30 minutos do segundo tempo Alesson fez ótima jogada pela direita e cruzou rasteiro, Éder Sciola chegou batendo de primeira obrigando o goleiro Edson fazer grande defesa e jogando para escanteio.

Com Matheus Anjos cansado, após excelente partida, Matheus Costa tirou o camisa 10 e colocou Fernando Neto com a 17. No CRB entrou Zé Carlos na vaga de Victor Rangel.

Aos 35 minutos, Fernando Neto cobrou escanteio, no bate rebate ela sobra pro mesmo Fernando Neto que arrisca do bico da área, mandando muito perto da meta de Edson.

No lance seguinte, foi a vez de Caio Rangel arriscar e tirar tinta da trave.

Marlyson entrou aos 39 na vaga de Alesson, para tentar segurar a bola no campo ofensivo.

Os 5 minutos finais foi de desespero da equipe alagoana, tentando muitas bolas aéreas na defesa paranista, mas nada conseguiu fazer, fim de jogo e festa na Vila Capanema, o tricolor venceu o jogo por 1x0 com gol de Guilherme Santos.

 

2ª rodada - Série B 2019 - Vila Capanema

Paraná: Thiago Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui e Matheus Anjos (Fernando Neto); Alesson (Marlyson), Ramon (Caio Rangel) e Jenison - Matheus Costa

CRB: Edson; Júnior (Daniel Borges), Ewerton Páscoa, Guilherme Mattis e Igor; Claudinei, Lucas e Guilherme Costa (Felipe Menezes); William Barbio, Felipe Ferreira e Victor Rangel (Zé Carlos) - Chamusca

Amarelos: Thiago Rodrigues, Luiz Otávio e Itaqui (Paraná) - Igor e Lucas (CRB).

Gol: Guilherme Santos - 20 minutos - Paraná.

Escalado de forma ofensiva, o tricolor não mostrou postura para tal esquema armado pelo técnico Matheus Costa, foi dominado no primeiro tempo.

A equipe mandante tomou conta de toda primeira etapa de jogo, não deixando o Paraná criar absolutamente nada. Alan Mineiro, craque da equipe goiana escalado como um falso 9 levava perigo ao gol de Thiago Rodrigues.

Aos 38 minutos da primeira etapa em falha defensiva de Sueliton, Hélder ganhou a frente do lateral tricolor e rolou para Alan Mineiro, o camisa 10 do Vila chapou a bola no ângulo de Thiago Rodrigues, a bola caprichosamente beijou a trave para deixar o gol ainda mais bonito, Vila Nova 1x0.

Após o gol, Matheus pediu mais amplitude ofensiva, aos 39 e 44 do primeiro tempo, Ramon arriscou de fora levando muito perigo à meta de Rafael Santos, fim de primeiro tempo, 1x0 para a equipe mandante.

Intervalo produtivo e de bastante conversa, foi assim o intervalo paranista, precisando mudar de postura e equipe voltou toda ligada, nas duas primeiras linhas do campo, o tricolor evitava deixar o adversário passar do meio e buscava o gol a todo momento, errando muito no último passe.

Após as alterações feita por ambos os times, o Paraná jogava com quatro atacantes, Marlyson pela esquerda Jenison centralizado e tanto Alesson como Caio Rangel caindo pela direita, Matheus Costa ficou responsável pela armação.

Após tanta luta, Caio Rangel fez excelente jogada e tocou para o meio da área, no bate rebate Marlyson, fazendo sua estreia deixou tudo igual, ao 44 do segundo tempo, deixando números finais à partida, Vila Nova 1x1 Paraná.

Campeonato Brasileiro Série B
1ª Rodada
Estádio Olímpico - Goiás
Vila Nova: Rafael Santos; Felipe, Patrick, Philipe Maia e Hélder; Joseph, Ramon (Erick), Neto Moura (Denner) e Alan Mineiro; Capixaba (Juninho) e Facundo Boné - Eduardo Baptista
Paraná: Thiago Rodrigues; Sueliton, Rodolfo, Bauermann e Guilherme; Luiz Otávio, Itaqui (Caio Rangel), João Pedro (Matheus Anjos) e Alesson; Ramon (Marlyson) e Jenison - Matheus Costa
Amarelo: Hélder e Facunde Boné (Vila Nova) - Guilherme Santos e Jenison (Paraná)
Gols: Alan Mineiro (38 - 1º tempo - Vila Nova) e Marlyson (44 - 2º tempo - Paraná)